“Nós que aqui estamos por vós esperamos”

“A eterna ampulheta da existência
será sempre virada outra vez,
e tu com ela, poeirinha da poeira!”
(Nietzche, em A Gaia Ciência)

“O tempo é a matéria-prima desta primeira exposição do coletivo Marginalia. Batizada com o provocativo nome da obra do cineasta Marcelo Masagão, “Nós que aqui estamos por vós esperamos”, ela nos coloca frente a frente com a inevitável impermanência das coisas e sua desconcertante eternidade.

Em Ouroboros, Debora Poltronieri com sua ‘serpente’ de camadas que se esvaem no tempo-espaço nos projeta ao eterno. Assim como nos antigos relógios d´água e ampulhetas, a passagem do tempo é medida pelo deslocamento da matéria em um ciclo que se repete infinitamente.

Os corpos fotografados por Audrian Cassaneli imprimem o tempo com seu movimento vertiginoso e toda memória que carregam em si. Em seu Relicário, como em um relógio particular, as imagens oferecem um meticuloso compasso aos olhos do espectador.

Através da parafina Juliana Povala cria se próprio tempo e eterniza a vida e a história de amor de seus avós. Separação, saudades, vazio e morte são traduzidos na imensidão do branco e no deslocamento da imagem pelas superfícies.

Daniel Zonta também (re)inventa a memória de seus antepassados. Acrescentando camadas, fazendo aparecer e esmaecer, ele dribla o esquecimento, criando histórias possíveis a partir das fotos de família.

E é através do ir e vir de seus pincéis sobre a tela, que Janaína Corá imprime suas narrativas. Aqui a imagem não se constitui num clique, mas é vagarosamente delineada, traço a traço, plano a plano, por minutos, horas e dias a fio, é o tempo deixando sua marca, constituindo uma trama desordenada de memória.”
Aline Assumpção, curadora


Sobre a exposição

Segue até o dia 20 de outubro, no SESC Chapecó, a exposição “Nós que aqui estamos por vós esperamos”, do coletivo Marginália, formado pelos artistas: Debora Poltronieri, Audrian Cassaneli, Juliana Povala, Daniel Zonta e Janaína Corá. O coletivo teve sua proposta escolhida através do processo seletivo feito sob curadoria de Aline Assumpção (Blumenau), para o projeto Arte No Singular.

Cronograma:

Visitação de 13/09 a 20/10
Horários: 14h às 20h de Terça a Sexta
18h às 20h Sábado
16h às 18h Domingo
Local: Galeria de Artes SESC Chapecó
Endereço: Rua Brasília, 475D. Jardim Itália. Chapecó/SC.

Exposição “Nós que aqui estamos por vós esperamos” segue até dia 20 de outubro no SESC Chapecó

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

I'm not a spammer This plugin created by memory cards