cropped-guardatempo1.jpg

 

 

 

 

 

 

Charles Steuck e Aline Assumpção foram selecionados e premiados na 11ª. Edição do Salão Elke Hering – Mostra Nacional Contemporânea de Artes Visuais. Os artistas receberam o 3º lugar com a obra “Guarda-Tempo ( exercício para reter o efêmero) . A obra é uma instalação, um site specific, pensado para ocupar uma das salas do Museu de Arte de Blumenau.

gt-pDurante quase seis anos, desde a enchente de 2008, os artistas coletaram guarda-chuvas abandonados nas ruas de Blumenau. Estes objetos, com suas vidas interrompidas, foram guardados e agora tomam conta de toda a Sala Elke Hering, no Museu de Arte de Blumenau. “Começamos a perceber que após uma chuva, estes objetos apareciam aos montes abandonados na beira das ruas, calçadas. Achamos um fenômeno interessante este descarte descuidado e recorrente, como se os guarda-chuvas fossem desaparecer ali. Começamos então a recolher e fotografar alguns deles antes de fazer a coleta.”, explicam.

Esta é a segunda vez que a dupla participa do Salão, em 2009, Charles e Aline receberam o primeiro lugar com um vídeo-instalação, naquela mesma edição Aline teve ainda uma foto-instalação, individual, entre as 20 aceitas.

O Salão

Nesta 11ª edição, o Salão Elke Hering recebeu 299 inscrições de artistas oriundos de todas as regiões do país, dos 26 estados e Distrito Federal. A seleção das propostas apresentadas foi feita por comissão composta pelos profissionais Carlos Alberto Franzoi, Júlio César Martins e Lygia Helena Roussenq Neves, que estabeleceram como critérios para análise qualidade técnica das obras; caráter experimental; coerência com a proposta; consonância com a contemporaneidade e adequação da obra aos espaços do MAB.

Com abrangência nacional e natureza bienal, o Salão Elke Hering – Mostra Nacional Contemporânea de Artes Visuais, teve origem em 1994, com o intuito de homenagear a artista Elke Hering e inserir a cidade de Blumenau no circuito nacional de artes visuais. Ao longo desses 20 anos, suas edições objetivam estimular a criação e produção artística local e nacional, difundindo manifestações contemporâneas de artes visuais, propiciando a participação das comunidades artística, acadêmica, críticos, curadores e público em geral na reflexão e discussão sobre trabalhos e processos que estão em consonância com a linguagem contemporânea. “A retrospectiva de sua trajetória permite afirmar que a participação de artistas em termos quantitativos e qualitativos tem aumentado, denotando a abrangência e credibilidade conquistadas”, comenta Mia Ávila, gerente do Museu de Arte de Blumenau (MAB).

Visitação: até 21 de julho no Museu de Arte de Blumenau – de terça a domingo, das 10h às 16h. A entrada é franca. Na Fundação Cultural de Blumenau.
Confira os 20 artistas selecionados:

Andrea Brown – Rio de Janeiro (RJ)

Andrea Eichenberger – Florianópolis (SC)

Andrey Zignnatto – Jundiaí (SP) (1º lugar)

Cecilia Bona – Brasília (Distrito Federal)

Charles Steuck e Aline Assumpção – Blumenau (SC) (3º lugar)

Cyntia Werner – Curitiba (PR)

Denise Dubiella – Brusque (SC)

Diego de Los Campos – Florianópolis (SC)

Janaina Schvambach – Chapecó (SC)

Jane Bruggemann – Florianópolis (SC)

Janor Vasconcelos – Criciúma (SC)

Javier Di Benedictis – Florianópolis (SC)

Keytielle Mendonça da Silva – Ribeirão Preto (SP)

Marcelo Rebelo de Souza – Blumenau (SC)

Marlene da Silveira – Blumenau (SC)

Priscila dos Anjos – Joinville (SC) (2º lugar)

Raul Couto Leal – Rio de Janeiro (RJ)

Rogério F. Negrão – Joinville (SC)

Romeu Luiz de Castro Bessa – Belo Horizonte (MG)

Tales Sabará – Congonhas (MG)

 

Charles Steuck e Aline Assumpção são premiados em Salão de Arte Contemporânea

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

I'm not a spammer This plugin created by memory cards